Micro antigo? Use o Windows NT 4.0 e deixe ele voando!!!

Ir em baixo

Micro antigo? Use o Windows NT 4.0 e deixe ele voando!!!

Mensagem  GABRIEL-MS-DF em Qua Ago 27, 2008 6:20 am

Computador muito antigo? Dependendo do que você vai fazer com ele, pode não valer a pena usar o Windows 98. O Me é um pouco mais pesadinho, o 2000 e XP então nem pensar. Usar o 95 poderia ser uma idéia, mas ele é muito instável e incompatível com muitas coisas. O Linux está descartado, porque as versões mais leves são as mais antigas, e elas são as mais problemáticas e difíceis de usar… Para rodar com tranquilidade um Linux de hoje, acessar a Internet e tudo mais, 256 MB de memória são o mínimo do mínimo recomendável (como para o Kurumin, Ubuntu, openSuse, etc).

Uma saída para aproveitar estes computadores velhos de forma satisfatória é usar o Windows NT 4.0. Em PCs antigos, ele arrasa no desempenho, parece que o computador é recente (claro, com os programas da época ou versões mais leves). Ele roda bem em processadores até abaixo dos 100 MHz, com 32 ou 64 MB de memória. Com 32 ele roda, mas usar os programas fica complicado, pois ele precisará usar muita memória temporária no disco rígido (swap, arquivo de troca), que é bem mais lento do que a memória física. Com 64 MB de RAM dá para rodar o NT legal, usar a Internet e ainda alguns programas. Claro, quanto mais memória, melhor. Mas todo mundo sabe que o Windows 98 com 64 MB de RAM fica com um desempenho muito, muito ruim.

Além da questão memória e desempenho, tem o quesito “estabilidade”. O Windows NT é um sistema diferente do Windows 95, 98 e Me, que usavam o MS-DOS por baixo dos panos. Tanto é que, em 2001, o núcleo do Windows 9x/Me foi abandonado em troca do do NT, com o Windows XP, que ganhou versão doméstica. Foi uma das melhores coisas que a Microsoft fez nos seus sistemas, investir na plataforma NT, a mesma usada pelo Windows 2000, que era uma atualização do NT 4.0. A rigor, o Windows Vista segue nessa linha. Então, o NT é estável, gerencia muito melhor os processos (programas abertos) e a memória, quando comparado ao Windows 9x/Me. Em condições boas de hardware, praticamente não trava nunca. As reinstalações são menos freqüentes, etc. Enfim, desempenho garantido e performance empresarial, aliado a baixo comsumo de memória, faz com que o NT seja a melhor opção para micros antigos. Já era, afinal ele era desenvolvido - e comercializado - paralelamente ao Windows 95 e 98 (quando saiu o Windows Me quem estava no lado empresarial era o 2000, atualização do NT 4.0).

Só há um pequeno grande problema. Ele é incompatível com muitos programas feitos para o Windows 9x. Jogos, praticamente nem pensar. E o hardware também, muitas placas de som, vídeo, modems, etc. são incompatíveis ou não possuem drivers para o NT. Mas se ele rodar sem reclamar no seu computador antigo, beleza, fique com ele. Você perceberá a diferença. Para melhor!

Uma alta recomendação é instalar o Service Pack 6a (ou o mais recente que você puder). Com ele, o NT fica mais compatível com diversos programas da época de 2000/2001, e melhor, mais atualizado. Algumas observações que devem ser levadas em conta… Ele não reconhece USB, e nativamente não suporta o mesmo NTFS do Windows 2000/XP (apenas com os últimos Service Packs). Ele não reconhece também FAT32, mas permite criar partições FAT maiores que 2 GB (com um maior desperdício de espaço). Para usar só ele, prefira o NTFS, que inclusive é mais seguro. (Sim, daí mesmo vem o NTFS do Windows 2000/XP/2003/Vista: NTFS = “NT File System”, “Sistema de Arquivos do Windows NT”). Nada impede que você crie várias partições menores, de 2 GB cada, por exemplo; o que era muito comum para os usuários do Windows 95. Como estamos falando de computadores antigos, fabricados entre 1994 e 1997, 98, isso não chega a ser um grande problema, pois o tamanho máximo dos HDs por aí normalmente é 8 GB. Se você instalar um HD maior num micro desses, o sistema não reconhecerá o tamanho total do novo HD, por causa de algumas limitações antigas - muitas placas mães e BIOS antigos endereçam e reconhecem apenas HDs de até 8 GB.

Sobre os programas, com os últimos Service Packs ele pode rodar o IE6 e o Office 2000, além do Mozilla Firefox e Opera. (Mas não roda meu Mep Texto, buáaaa Sad rs)

Com todas estas limitações, especialmente no que diz respeito ao hardware, você pode se perguntar: “mas porque usar o NT, então?”. Veja bem que estamos falando de micros antigos, então se ele reconhecer o hardware - e/ou se você conseguir os drivers dos seus dispositivos na Internet, para o NT 4.0 - valerá mais a pena manter ele do que o Windows 98 ou 95, que seja. No caso do hardware, muitas vezes é possível usar o driver para o Windows 2000, que foi o sucessor direto do NT 4.0. O driver do XP talvez até funcione em um dispositivo ou outro, mas as chances serão menores. Veja que o Windows 2000 foi terminado em 1999, e o XP, em 2001. Por aí o Windows NT ainda era muito usado em diversas empresas, então talvez você dê alguma sorte em encontrar drivers para seus dispositivos. Por causa da falta de atualizações de alguns programas de gerenciamento antigos, que não funcionam nas versões mais recentes do Windows, até hoje não é “muito” difícil encontrar empresas usando o NT 4.0. Eu mesmo vi pessoalmente há poucas semanas numa agência do Banco Real, no atendimento: o sistema ali era o Windows NT 4.0 (num computador com monitor LCD, é muito contrastante isso, mas tudo bem…).

Mesmo hoje, ele pode ter uma grande utilidade para quem roda uma máquina virtual e acessa a Internet (web) por ela. Sendo antigo, muitos programas e vírus recentes não rodam no NT 4.0. Sem o IE 4+ embutido, que vem a partir do Windows 98, a interface do sistema não é afetada quando ocorrem problemas com o navegador, seja por causa de add-ons ou spywares, além do que a ausência da integração do IE ao Explorer por si só já reduz o consumo de memória. Eu mesmo uma vez, baixei um vírus que recebi por e-mail, propositadamente (desses que dizem “Olá, quanto tempo meu amor, eu não te vejo há um tempão, estou morta de saudades, veja um cartão que te mandei, clique aqui”). Fui rodar no Windows NT Server 4.0, dentro de uma máquina virtual, só para dar risada da cara do vírus/malware e ver o que ele faria (monitorando os arquivos no HD e as chaves do registro, respectivamente, com os softwares FileMonNT e RegMonNT). E o filho da mãe não rodou, tinha uma chamada a uma DLL de sistema não presente no NT 4.0 (mas muito provavelmente, presente no Windows 2000/XP). Você pode compartilhar uma pasta no NT para trocar arquivos, usar a Internet por ele numa máquina virtual, salvar as coisas nessa pasta e tal. Sendo bastante leve e consumindo pouca memória, é a melhor solução para as máquinas virtuais, onde roda com um desempenho muito bom mesmo num micro ultrapassado para os dias de hoje, como meu Pentium II 266 MHz (hoje com 288 MB de RAM). É mais leve que o Windows 95.

Dica: se você quer rodá-lo numa máquina virtual, sem alterar nada no seu sistema real, veja meu tutorial do VMware:
http://mepsites2006.tripod.com/ms2k6/materias/tutorial-vmware.htm

Boa sorte aí com seus computadores velhos… Afinal muitos deles funcionam perfeitamente até hoje Smile

Para fechar este tópico, mais de 10 anos depois do lançamento do NT 4.0, eis algumas imagens de tela dele rodando na minha máquina virtual (rodo até um programa de gerenciamento de lan house, onde no meu computador real mantenho o servidor, e uso o virtual como cliente):


avatar
GABRIEL-MS-DF
Rank: REGULAR
Rank: REGULAR

Número de Mensagens : 100
Idade : 35
Localização : Brasília/DF
Data de inscrição : 21/05/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum